sexta-feira, 16 de junho de 2017

Baía de Todos os Santos: "Tour" Pelas Ilhas!

Um dos passeios indispensáveis para o turista é visitar pelos menos duas das 56 ilhas localizadas nos 1.233 km² da Baía de Todos os Santos, a maior Baía do país e segunda maior do mundo. Fiz esse passeio com um grupo de bancários de uma agência do Banco do Brasil, de Salvador, e todos nós adoramos. As embarcações saem diariamente do Terminal Náutico da Bahia, no bairro do Comércio, às 9h. Logo que o passeio começa, vai ficando para trás, o Forte São Marcelo, o Elevador Lacerda e o Mercado Modelo. A primeira parada é sempre na Ilha dos Frades, que recentemente passou a hastear a "Bandeira Azul, selo que certifica praias e marinas exemplares em gestão ambiental. Ilha que durante o  verão chega a receber 4 mil visitantes por final de semana. Na parada se tem tempo para lanchar, usar banheiros, e o chuveiro com água doce. A Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, construída no alto de um monte em meados do século XVII,  é também uma atração à parte.  São 125 degraus de subida por uma vista de tirar o fôlego. A ilha é repleta de Mata Atlântica e possui oito quilômetro de extensão, rodeado por um mar calmo, com águas transparentes, ideal para um bom banho com toda a família. Vale ainda visitar a vila de moradores e um mirante que fica do lado oposto à igreja. Por lá há também um restaurante que oferece pratos típicos como peixes, lagostas e camarões, mas o almoço para quem faz o passeio pelas escunas acontece a 40 minutos, na praia de Ponta de Areia, em Itaparica, a segunda parada,  onde se mergulha em água rasa, almoça e ainda se pode cochilar na areia, ou em uma rede preguiçosa. O restaurante é self service, com uma boa variedade de frutos do mar. O preço da refeição é fixado em R$ 40 e não há outras opções no local. Caso queira, há também um passeio pelo centro de Itaparica, de ônibus ao custo R$ 15. O tour dura cerca de 50 minutos, com paradas na casa de João Ubaldo Ribeiro, no Forte de São Lourenço, na casa de veraneio que pertenceu a Vinicius de Moraes, e na Fonte da Bica, conhecida como “fonte da juventude”. No retorno a Salvador ainda se deslumbra com um belo pôr do sol. Vale ressaltar que o  bilhete do "tour às ilhas" custa R$ 50, e deve ser adquirido no Terminal Náutico com pelo menos 30 minutos de antecedência. (Clique na foto).
Fotos: Lelia Dourado

Nenhum comentário :

Postar um comentário